Adaúfe

Agostinho Fernandes

Agostinho Fernandes propõe continuidade da mudança em Adaúfe

Volvidos quatro anos durante os quais foi cumprida, em Adaúfe, a primeira fase do lema “Mudar de Rumo”, Agostinho Fernandes será recandidato à referida autarquia local pela Coligação “Juntos por Braga”.

Agostinho Fernandes tem 54 anos, é natural de Adaúfe, casado e com dois filhos. Profissionalmente é diretor de obra na área da construção. Sempre manteve uma relação próxima com a freguesia. Foi membro Grupo Juvenil e do Grupo Desportivo de Adaúfe. Há quatro anos, o sentimento de que o desenvolvimento da freguesia de Adaúfe estava estagnado, motivou o candidato a avançar para a presidência da Junta de Freguesia. Venceu as eleições e hoje os resultados estão há vista de todos.

O apoio aos jovens foi reforçado, quer seja através de inúmeras atividades, quer seja no apoio à comunidade educativa, nomeadamente no apoio às escolas. Ainda no que respeita à educação, a autarquia local criou um ATL, indo ao encontro de um desejo da população. O executivo autárquico implementou ainda programas para as Férias de Verão, as festas de Natal e do dia da Criança, realidade que até então nunca tinha acontecido. O direito à diferença e à pluralidade marcou a área da cultura. Concertos, espetáculos de teatro e muitas outras atividades ganharam espaço e decorreram na freguesia.

A proximidade estabelecida com a população, sobretudo na resposta aos problemas que afetam as pessoas à porta de casa, foi igualmente uma marca distintiva do trabalho desenvolvido. O labor incessante de colaboração e de incentivo para além do habitual aos grupos da freguesia foi também uma bandeira hasteada bem alto durante os últimos quatro anos.
Para além das pequenas, mas necessárias intervenções em matéria de obras, destacam-se a estruturação das vias principais e secundárias, os acessos criados ao Centro de Dia ou a requalificação do Cemitério.

Os frutos colhidos na Praia Fluvial de Adaúfe – praia acessível e com bandeira azul, a única praia do interior a obter esta distinção no Distrito de Braga – são indissociáveis do trabalho desenvolvido nos últimos anos pela Junta de Freguesia. Recorde-se que a autarquia local investiu menos de 10% do orçamento aplicado em toda a freguesia na reconhecida Praia Fluvial, fator que valoriza ainda mais a gestão de recursos face aos resultados obtidos.

Continuar a capacitar e a melhorar o trabalho feito na rede viária atualmente ainda muito deficiente e implementar medidas de apoio à família são dois objetivos definidos para o futuro. Agostinho Fernandes propõe-se liderar uma equipa motivada em dar continuidade ao trabalho realizado, permanecendo ao lado da população e continuando a preconizar a mudança de rumo para Adaúfe.

 

LISTA CANDIDATA

01 - Agostinho Fernandes
02 - Pedro Pinto
03 - Márcia Ferreira
04 - Adriano Dias
05 - José Silva Cunha
06 - Diana Alves
07 - Ana Isabel Quintas
08 - João Ferreira
09 - Agostinho Salgado
10 - Maria Alva Santos
11 - Marco Paulo Sá
12 - Fernando Fernandes
13 - Ana Maria Silva
14 - Cristiano Ferreira
15 - Hélder Ferreira
16 - Ana Paula Antunes
17 - Joana Nogueira
18 - João Paulo Ribeiro

Ler mais

Espinho

José Martinho

José Martinho é o candidato à Junta de Freguesia de Espinho pela Coligação “Juntos por Braga”. O candidato propõe um caminho diferente e uma estratégia de futuro para a população de Espinho, focando-se nas pessoas e apostando na área social, no ambiente e no desporto.

José Martinho tem 55 anos, vive em Espinho há 32 anos, é casado, tem dois filhos e é empresário na área da cutelaria. Manteve sempre uma forte relação com os seus conterrâneos, bem como com os movimentos associativos da freguesia.

Pertence à direção do Grupo Coral de Espinho, é presidente da Comissão de Festas de S. Martinho e esteve sempre próximo das atividades da paróquia. Desejando fazer mais, mas fazer sobretudo diferente, José Martinho marcou a sua participação na Assembleia de Freguesia de Espinho através de uma oposição dialogante, cooperante e reivindicativa.

A conceção e apresentação do projeto que visava o restauro do Patronato, projeto esse em que José Martinho participou ativamente e que agora foi aproveitado pelo atual executivo para instalar nesse edifício a sede da Junta de Freguesia, é apenas um exemplo do empenho demonstrado pelo candidato na defesa dos interesses de Espinho.

Acreditando que é necessário ir mais além no apoio à população, aumentando a proximidade entre a autarquia e os cidadãos, José Martinho prevê o desenvolvimento de atividades dirigidas aos seniores e a implementação de medidas que possam contribuir para a fixação de jovens na freguesia. A interpelação aos jovens deverá ser feita em articulação com os movimentos associativos, que deverão merecer a colaboração total da autarquia local. É necessário criar momentos e espaços de lazer para que os jovens passem mais tempo na freguesia. Envolver toda a população no processo de mudança que Espinho reclama é, por isso, a força motriz deste grande projeto para quatro anos.

Elencados como objetivos a cumprir a breve trecho, constam a rentabilização e requalificação dos equipamentos existentes e a possibilidade de serem criados outros novos – sejam eles de índole desportiva, cultural ou social – que permitam uma utilização livre por parte da população.

Mas serão os problemas das pessoas que terão a primeira resposta neste processo de mudança para Espinho. José Martinho reuniu uma equipa competente, capaz em diversos setores, com vontade de trabalhar pela freguesia, e com vontade de estar em primeiro lugar ao serviço dos habitantes de Espinho.

 

LISTA CANDIDATA

01 - José Martinho
02 - Joaquim Cunha
03 - Paula Mota
04 - Manuel Costa
05 - José Silva
06 - Rosa Cunha
07 - João Oliveira
08 - José Oliveira
09 - Emília Marques
10 - Fernando Pereira
11 - Patrícia Oliveira
12 - Pedro Pereira
13 - Carla Ferreira
14 - Amaro Silva
15 - Álvaro Carvalho

Ler mais

Esporões

João Oliveira

Com o objetivo de dar continuidade ao trabalho desenvolvido nos últimos anos em Esporões, João Oliveira assume uma candidatura independente à Junta de Freguesia, que conta com o apoio da Coligação “Juntos por Braga”.

Natural de Esporões, João Oliveira tem 38 anos, é casado e tem dois filhos. Licenciado em Gestão, é empresário e contabilista certificado. A vontade de colocar as suas capacidades ao serviço da freguesia denotou-se ainda antes de desempenhar funções autárquicas. Foi Dirigente do Centro Social e Paroquial de Esporões, membro da equipa de trabalho que refundou o Grupo Desportivo e Recreativo de Esporões, é Juiz Social do Tribunal de Menores de Braga, e conta ainda com a experiência enquanto Dirigente associativo no ensino superior.
A participação ainda mais ativa na procura de soluções efetivas para os anseios da população ganhou aderência nos cargos de Tesoureiro da Junta de Freguesia de Esporões, chegando à presidência da mesma autarquia. João Oliveira é também membro da Assembleia Municipal de Braga.

Nos últimos anos, a população tem acolhido importantes e aguardadas apostas protagonizadas pelo empenho da autarquia local. Destaque para a requalificação do polidesportivo, para a pavimentação do tão aguardado caminho do centro da freguesia até à Santa Marta das Cortiças, para o arranque das obras para a concretização do Campo “10 de Outubro”, para as obras de requalificação do Centro Escolar de Esporões e para prontidão na intervenção de tantos outros projetos de grande, média ou pequena dimensão.

Igualmente importante foi a criação de uma linha de autocarros pelo centro da freguesia ou, por exemplo, o papel importantíssimo que João Oliveira desempenhou na liderança de uma equipa de trabalho formada por várias Juntas de Freguesia, que cumpriu de forma sagaz o objetivo de manter em funcionamento do Centro de Saúde de Esporões. Recorde-se que esta unidade serve centenas de utentes.

O apoio constante à população e às associações e grupos de Esporões foi uma marca distintiva do trabalho realizado nos últimos anos. As portas da Junta de Freguesia estiveram sempre abertas para acolher as mais variadas atividades. No setor da educação o trabalho foi mais do que muito. Ao trabalho de colaboração com os profissionais educativos juntaram-se as várias visitas de estudo e os programas de férias heterogéneos organizados pela Junta de Freguesia.

Porque o trabalho realizado trata-se apenas de um ponto de partida, João Oliveira, que deseja dotar Esporões de equipamentos e valências para usufruto livre da população, reuniu uma equipa dinâmica, jovem e capaz de cimentar um projeto de futuro para Esporões a vigorar nos próximos quatro anos.

Ler mais

Figueiredo

Marco Oliveira

Marco Oliveira, independente, assume a liderança de uma candidatura à Junta de Freguesia de Figueiredo, pela Coligação “Juntos por Braga”. Dar consistência ao trabalho realizado nos últimos anos, almejando a melhoria de infraestruturas, serviços e políticas de apoio à população representa a prioridade da equipa liderada pelo candidato.

Natural de Figueiredo, Marco Oliveira tem 43 anos e profissionalmente trabalha como supervisor comercial numa multinacional do mercado lácteo. A par da experiência política adquirida no desempenhar de funções enquanto Secretário da Assembleia de Freguesia de Figueiredo, Tesoureiro e Presidente da Junta de Freguesia de Figueiredo, Marco Oliveira também defendeu os interesses da população no seio da sociedade civil. Foi atleta e secretário da Direção do Grupo Desportivo de Figueiredo e sócio fundador da Associação de Solidariedade Social do Divino Salvador, IPSS da qual é associado e onde já desempenhou as funções de Presidente da Assembleia e secretário da Direção.

O trabalho realizado em Figueiredo durante os últimos anos fala por si. A educação e o apoio à juventude foram dois pilares basilares para a governação de Marco Oliveira. As melhorias das atividades desenvolvidas no âmbito das CAF da escola básica e jardim-de-infância com a criação de um Gabinete de Apoio ao Estudo na EB1 JI de Figueiredo são apenas dois exemplos do trabalho realizado em articulação com os profissionais educativos. Na área do desporto, nota para o estreitar de relações entre a autarquia local e o GD Figueiredo e Unidos Sport Club, coletividade que envolve mais de 200 crianças na sua atividade na área da formação.

O apoio à população ao longo de todo o mandato, tendo especial atenção aos seniores, foi igualmente uma preocupação da Junta de Freguesia. A população de Figueiredo pode contar com um serviço de enfermagem semanal e com um serviço médico quinzenal a título gratuito, bem como a realização de atividades lúdicas para todos os seniores e pensionistas.
Na área da cultura, tem apoiado as coletividades locais, promovendo a preservação dos hábitos e costumes locais. Na área social, tem mantido e estreitado a parceria com as coletividades locais na criação de resposta sociais para os diversos problemas da comunidade.

No que concerne às infraestruturas, será justo recordar a prontidão na resposta às mais variadas situações que vão desde as pequenas obras e manutenção de espaços públicos até aos grandes projetos que qualificam a freguesia. Avançam a bom ritmo, por exemplo, as obras de requalificação da Capela de Nossa Senhora de Fátima e haverá ganhos evidentes com a implementação de um Espaço do Cidadão a inaugurar muito em breve.

Para futuro, a equipa de Marco Oliveira deseja reforçar os alicerces deste projeto, melhorando as instalações e serviços de usufruto para a população, desde logo com a requalificação da escola básica e com a construção do auditório da Junta de Freguesia. A construção de um espaço jovem será também um projeto prioritário. Manter uma aposta forte na educação, apoiar a prática desportiva e manter a política de proximidade com a população são os principais desígnios para a construção do futuro de Figueiredo.

 

LISTA CANDIDATA

01 - Marco Paulo Oliveira
02 - João Manuel Marques
03 - Renata Faria
04 - Carlos Amandino Alves
05 - Manuel Ferreira
06 - Patrícia Santos
07 - Silvino Ribeiro
08 - António Ribeiro
09 - Susana Pereira
10 - Manuel Ribeiro
11 - Manuel Ferreira
12 - Tânia Oliveira
13 - David Ribeiro
14 - David Ferreira
15 - Cláudia Moreira
16 - António Costa
17 - Estevão Oliveira

Ler mais

Gualtar

Luís Marques

Luís Marques é candidato à Junta de Freguesia de Gualtar pela Coligação “Juntos por Braga” com o objetivo de concretizar “o sonho da mudança”. Abrir a freguesia à cidade, dando prioridade a políticas de apoio a toda a população, é o sentido que Gualtar deverá abraçar durante os próximos quatro anos sobre a batuta de Luís Marques.

Luís Marques nasceu e foi criado no seio da freguesia, estabelecendo laços de ligação fortes com a população, mas sobretudo com a mudança que muitos gualtarenses desejam. O contacto com os gualtarenses saiu decerto reforçado pela intervenção em vários movimentos paroquiais. Há oito anos, Luís Marques foi convidado a apresentar uma alternativa sólida, arrojada, e com vontade de fazer mais e melhor por Gualtar.
Avançou pela Coligação “Juntos por Braga” e a maturação do trabalho de oposição responsável, atento e qualificado que foi desenvolvido coloca hoje Gualtar às portas do progresso e a um passo de rumar em diante com a mudança.

Para o candidato, a mudança é sinónimo de progresso e evolução. Luís Marques está convicto de que a freguesia de Gualtar está fechada para o mundo e que para isso tem contribuído, em larga medida, o facto de as ideias e o executivo da Junta de Freguesia de Gualtar serem praticamente as mesmas desde há 40 anos. Fiel à ideia de que as pessoas não devem viver eternamente agarrados a cargos políticos, Luís Marques reuniu uma equipa de créditos firmados para representar a população de Gualtar através de novas ideias.

O candidato concretizou uma oposição ativa e reivindicativa ao longo dos últimos anos. Destaque para a preocupação sobre o controlo de limpeza dos vários terrenos que estão ao abandono em Gualtar, para as questões de mobilidade e das vias cicláveis da freguesia e para a situação do campo de futebol 11 que continua a figurar-se como uma lacuna da freguesia, sendo a sua recuperação um objetivo claro para Luís Marques.

Apoiar os jovens, chamando-os a intervir no desenvolvimento da freguesia, é ponto de honra desta candidatura. Potenciar as infraestruturas existentes, criar novas e reformar a abordagem junto dos jovens – abordagem atualmente quase inexistente – serão prioridades que guiarão o trabalho de Luís Marques que deseja envolver toda a população no progresso da freguesia, contrariando o “dormitório” instalado em Gualtar há longos anos.

Reconhecendo a importância que os seniores representam para o legado e as origens da freguesia, Luís Marques prevê um reforço das atividades socioculturais nesta área, com passeios e convívios, mas aponta políticas de fundo que vão muito mais além do trabalho de superfície realizado nos últimos anos. O apoio à mobilidade e a disponibilização de mais serviços são apenas algumas medidas pensadas neste âmbito.

Relativamente aos movimentos associativos, as condições de trabalho dos mesmos serão revistas e melhoradas. Objetivando a pluralidade de ideias, o objetivo principal passará por atribuir a todos estes grupos de trabalho uma maior liberdade de ação que lhes permita não estar tão dependentes da autarquia local.
Para contruir o futuro de Gualtar, a equipa de Luís Marques deseja uma postura para a freguesia mais próxima da que o Município adotou e que apenas se tornou realidade por intermédio de uma mudança e de uma rotura com o passado.

 

LISTA CANDIDATA

01 - Luís Marques
02 - João Nogueira
03 - Maria Manuela Pereira
04 - Nuno Santos
05 - José Carlos Baptista
06 - Lídia Martins
07 - Ernesto Barbosa
08 - João Oliveira
09 - Ana Rodrigues
10 - João Araújo
11 - André Fernandes
12 - Ana Costa
13 - Álvaro Dias
14 - João Tiago Ribeiro
15 - Maria Lourenço
16 - Ricardo Fernandes
17 - Mário Braga
18 - Isabel Lourenço
19 - Almeno Lemos
20 - Cristiano Nunes
21 - Rita Leite
22 - José Couto
23 - Joana Marcos
24 - Carlos Rodrigues

Ler mais

Juntos Por Braga

Já pode descarregar a nossa app para as versões Android e iOS.

Android iOS